sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Eu estava no campo quando ontem choveu

Ontem choveu – mas choveu mesmo, não era só aquela garoinha que se espera que caia em outubro – e eu estava no campo quando tudo aconteceu.

Sempre gostei de chuva, mesmo quando não podia banhar nela e ficava no parapeito da janela observando meus primos correr de um lado ao outro da rua em meio àquela confusão de água caindo, escorrendo e levando suas folhas de cajueiro que eram barquinhos numa disputa. Era tudo muito pueril.

Ontem me abstive de banhar na chuva. Eu tinha um pretexto e um motivo: estou resfriado/gripado, e já sou um adulto. – Não que adultos não possam ou não devam banhar-se de chuva – foi que a chuva me fez lembrar o que uma pessoa muito especial fica me dizendo: “cara tu já é um adulto! Eu fico imaginando tu no meio de um monte de meninos tomando sorvete e fico me perguntando se tu não te lembra que tem uma monografia pra terminar, um curso pra concluir e um emprego pra arrumar?
Eu tenho uma monografia a terminar, um curso a concluir e um emprego a arrumar. Já não posso me dar o luxo de ter sempre bons momentos com os amigos, a responsabilidade me desperta a cada manhã e esfrega na minha cara que não há tempo suficiente, que não há dinheiro suficiente, que não há oportunidades suficientes...

Mas ontem choveu e eu estava no campo quando tudo aconteceu.

Sempre gostei do campo, é tranqüilo e me faz lembrar que a vida é suficientemente simples para se honrar as responsabilidades.

Ontem choveu, mas eu estava no campo quando tudo aconteceu.

E não tem nada de especial nisso, a cidade é a mesma, a vida é a mesma, as urgências são as mesmas: ainda tenho uma monografia a terminar, um curso a concluir e um emprego a arrumar; ou seja, o compromisso de chover no campo das responsabilidades de ontem.

2 comentários:

lizandraestudandopsicologia disse...

se vc ocupar o lugar dos mininos, tomando sorvete, o que eles vão fazer?pra onde eles vão?
por mais triste que seja esta afirmação, a vida não é só poesia, tudo tem seu tempo !
tempo de fazer monografia, arumar emprego,concluir o curso, tomar sorvete,banhar na chuva........

breno disse...

Pense só:'o que seria se naum tivesse tempo p tomar um sorvete e jogar converas fora?'
Naum é bem assim...somos o que o tempo constrói imediatamente a nosso redor............................fora isso o post tah legal.........................fora isso, vc naum seguiu a risca o que essa 'adulta atarefadíssima' te aconselhou.